sábado, 25 de abril de 2015

Nos meus tempos de criança

Nos meus tempo de criança a gente não tinha toda essa tecnologia que tem hoje. As Tvs eram aquela de tubão, pra pegar melhor a gente colocava um pedaço de Bombril na antena.



E pegava legal viu. Até Bombril a gente podia chamar de Bombril, hoje não se pode porque senão vai fazer propaganda. O Merthiolate realmente ardia, o álcool era de grau 98. Hoje é mesmo que água. Me lembro dos tempos de MacGyver onde a gente tinha que esperar os comerciais, a imagem era ruim mas a história era boa.


Tais histórias incentivavam a gente a ter boa ideias. Quem quiser ver mais sobre a história do filme segue o link: http://pt.wikipedia.org/wiki/MacGyver,  e também em http://pt.wikipedia.org/wiki/Richard_Dean_Anderson.

Não se tinha a qualidade de imagem que se tem hoje. Para se gravar a gente usava a fica VHS, aí tinha EP, LP e SP. Quanto maior fosse a qualidade, menos tempo era a duração da fita. A gente comprou um aparelho de gravar era a maior febre, minha mãe deixava gravando o Fantástico nos domingos antes de ir pra igreja. Hoje ela só assiste a Record.

Não se tinha WIFI, não se tinha Youtube, nada disso, ma a gente era feliz. Porque na verdade a gente aprendia a ser criativo. A gente aprendia a consertar as coisas. Aliás, na minha casa meus pais me incentivavam a trabalhar. Eu montava coisas, desmontava, chegava a quebrar um carrinho de controle remoto. Fiz um ventilador a pilha com o motor do carro.

O que ocorre hoje em dia é o reflexo de toda essa falta de criatividade. Salvo pessoas que realmente são ocupadas, o que se vê são pessoas que não sabem resolver nada. Acham que tudo se resolve pelo computador. E quando o computador quebra, quem vai consertar?

Boa parte das coisas que usamos hoje em dia, se derivam de toda uma infra estrutura montada. Pra um computador ligar é preciso que as peças estejam corretamente montadas, que os cabos estejam conectados, que o Windows esteja instalado.

Para que um som funcione o cabo tem que está soldado. E quando o cabo falha, o que fazer? Quando nós mesmos resolvemos nossas broncas economizamos muito. Creio que a economia ao se fazer o serviço por conta própria chega em torno de 20%. E em algumas situações saem até de graça. Se forem feitas troca de favores por exemplo. Certo dia uma costureira fez o banhado da calça e eu fiz um serviço de informática pra ela, ficou de graça.

Então tudo isso faz muita diferença na vida. Hoje homens não sabem descascar um coco, o coco tem quem vir raspado. Tudo é prático. Ninguém sabe fazer nada. As mulheres não sabem nem fazer um cuscuz, um café. Pior ainda, os homens não sabem nem colocar um prato na mesa, a mulher tem que colocar sua comida.

Onde vamos parar? Ninguém sabe fazer um lanche, assar um ovo, fazer uma gororoba, um café, tudo tem que ser comprado. No fim das contas seu dinheiro vai ser desperdiçado a cada dia.

Então se você está lendo esta postagem, pense a respeito. Devemos ser práticos, devemos usar a tecnologia, sim, afinal ela está aí pra facilitar nossas vidas. Porém saiba fazer os procedimentos manuais também. Trabalho atualmente num setor técnico, e alguns procedimentos são realizados via sistema, mas quando não se consegue fazer automaticamente, o procedimento é feito manualmente com a ajuda do cliente.

Enfim, os tempos realmente não voltam, mas, olhando para o passado podemos pegar o que ele teve de bom e fazer um futuro melhor e muito mais criativo.

Desabafo do dia

Hd Externo deveria ser algo mais barato. Armazenamento hoje em dia é algo primordial. Não se usa mais TV aparelhos de reprodução etc, sem tem um bom sistema de armazenamento. Mas de certa forma sei o que é isto. No Brasil tudo sempre chega mais caro, vai ver que nos EUA custa no máximo, convertendo o câmbio, R$ 50,00.

Sonoplastia dicas basica

Dica de matematica calculo ninja

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Não acredito na ciência

Até hoje me lembro das aulas de filosofia que tive na faculdade. A professora dizia que a ciência era um grande mito. Isto porque a mitologia explicava muita coisa da realidade humana. Hoje em dia o que explica a nossa realidade é a ciência. Agora justifico porque não acredito na ciência. Por um simples motivo. Quando um cientista quer provar que sua teoria está certa ele vai tentar fazer de tudo até conseguir. Já um outro que tiver opinião contrária irá fazer o mesmo e irá conseguir. As metodologias estão aí para isto.

Isto é como se fosse as famosas figuras ambíguas, onde de um ângulo se vê um sapo de outro um cavalo. É também uma certa metáfora, do chapéu. De duas cores metade era azul a outra era vermelha, o homem passada com ele e quem estava de um lado dizia que era azul e quem estava do outro dizia que era vermelho. Tudo depende muito do ponto de vista, e no final das contas os dois estão certos.

Na verdade nem tudo que a ciência prova ou quer provar é lei porque na verdade existem muitas exceções, e e quando as exceções viram regra, põe por terra qualquer ciência.

sábado, 18 de abril de 2015

Sede persistentes na oração

Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á.
Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á. Mateus 7:7-8.

Em minha vida aprendi o seguinte, em tudo que vamos fazer na maioria das situações temos apenas duas respostas: sim ou não. Ou seja 50% de chance para cada uma. Muitas vezes deixamos de receber nossa bênção por não perguntar, por não pedir, por não clamar.

Deus nos dá muitas provas disso. De repente, tem um emprego que pode ser seu, então você não pergunta se tem vaga e acaba sendo de outro. Às vezes a pessoa da nossa vida está nos esperando, mas por timidez ou sei lá o que não perguntamos, perdemos a oportunidade, às vezes alguém quer nos abençoar financeiramente e não nos abrimos.

Enfim, saiba que Deus é um Deus zeloso, que tem sempre o melhor para nós. No entanto ele quer que sejamos persistentes na oração. Afinal de você nunca pedir também nunca vai receber.

Filmes para Celular - 3PG

Títulos:
Júlio Sumiu, Os mercenários Trilogia, Os caras de pau.

http://1drv.ms/1CYhbD8

sexta-feira, 17 de abril de 2015

O cego de Jericó

35 ¶ E aconteceu que chegando ele perto de Jericó, estava um cego assentado junto do caminho, mendigando.
36 E, ouvindo passar a multidão, perguntou que era aquilo.
37 E disseram-lhe que Jesus Nazareno passava.
38 Então clamou, dizendo: Jesus, Filho de Davi, tem misericórdia de mim.
39 E os que iam passando repreendiam-no para que se calasse; mas ele clamava ainda mais: Filho de Davi, tem misericórdia de mim!
40 Então Jesus, parando, mandou que lho trouxessem; e, chegando ele, perguntou-lhe,
41 Dizendo: Que queres que te faça? E ele disse: Senhor, que eu veja.
42 E Jesus lhe disse: Vê; a tua fé te salvou.
43 E logo viu, e seguia-o, glorificando a Deus. E todo o povo, vendo isto, dava louvores a Deus. Lucas 18.

Hoje na consagração a irmão falou sobre o cego de Jericó. Na verdade, se fizessemos como ele, com certeza alcançaríamos a vitória. Ele não temeu diante das dificuldades. Muitos pediram para ele se calar. Mas ele persistiu. No final Jesus lhe diz: Que queres que te faça? Que linda palavra. Se Jesus lhe perguntasse isso, o que você responderia? O cego poderia lhe pedir muitas coisas, mas ele vou exato, eu quero ver.

Muitas vezes não recebemos porque não somos persistentes ou porque deixamos de pedir. Mas ele não só pediu, ele agradeceu também. Ou seja, Deus sonda os corações e se alegra com a gratidão do seu povo.

Curso PHP

Você pediu e eu fiz para você!
 
Se você tem acessado nosso site, você deve ter percebido que tínhamos apenas dois planos de acesso para todos os nossos cursos.
 
Muitos de nossos clientes, tinham interesse em apenas determinadas trilhas de cursos, como os de PHP por exemplo.
 
Agora, você poderá contratar separadamente, apenas a trilha de PHP, pagando um valor menor por isso, sem ter que pagar pelo acesso de outras categorias de curso, que no momento não lhe interessam.
 
Conheça a nossa trilha de PHP e tenha acesso imediato aos 7 cursos dessa trilha! Você vai adorar!
 
 
Nos falamos, 
Wesley

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Reproduzir Arquivos MKV (Filmes) com legenda

Essa dica é para quem quer reproduzir arquivos MKV com legenda de filmes. Sm Player, leve prático e muito fácil de usar.

http://1drv.ms/1zbs7LS

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Administração de Produção e Operações - Krajewski, Lee/ritzman, Larry/ Malhotra, Manoj

Vendo Livro:
Contato (81) 995425708 (Zap)

Sinopse
Administração de produção e operações possui diversas características que fazem dele um clássico na área. Dois pontos, contudo, oferecem à obra um toque especial: seu enfoque, que une e equilibra o lado qualitativo e o quantitativo do assunto, e sua didática, que está de acordo com o que há de mais moderno em termos de ensino/aprendizado. De fato, essa didática diferenciada pode ser vista logo no início de cada capítulo, em que uma figura-chave e um texto mostram como o assunto central dialoga com os demais apresentados no livro e se relaciona com processos, cadeias de valor e as várias áre as funcionais da empresa. Ela pode ser vista ainda nas figuras, tabelas e seções que, cuidadosamente elaboradas, auxiliam os leitores a transpor para a prática os tópicos apresentados. Para completar, a edição brasileira traz ao final de cada capítulo um caso real de uma empresa nacional com que stões práticas sobre o assunto. Além disso, no site de apoio exclusivo do livro, professores e alunos podem encontrar diversos materiais de apoio. Todas essas características fazem com que Administração de produção e operações seja ideal para professores e estudantes dos cursos de engenharia da p rodução e de administração, bem como essencial para a estante dos profissionais da área.

Sumário
"Prefácio; Parte 1: Usando operações para competir; Capítulos: 1 - Operações como arma competitiva; 2 - Estratégia de operações; 3 - Administração de projetos; Parte 2: Administrando processos; Capítulos: 4 - Estratégia de processo; 5 - Análise de processos; 6 - Desempenho e qualidade do processo; 7 - Administração das restrições; 8 - Layout de processo; 9 - Sistemas de produção enxuta; Parte 3: Administrando cadeias de valor; Capítulos: 10 - Estratégia de cadeia de suprimentos; 11 - Localização; 12 - Administração de estoques; 13 - Previsão de demanda; 14 - Planejamento de vendas e operações; 15 - Planejamento de recursos; 16 - Programação; Apêndices: 1 - Distribuição normal; 2 - Tabela de números aleatórios; Crédito de fotos; Índice remissivo."

Ajude a manter este blog. Clique nos anúncios.

Planejamento de Financeiro e Agenda Pessoal

Venha a mim com a sua desesperança - Panfleto



Finanças: uma questão de fé

Malaquias 3.10 diz: Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes.

Estive fazendo as contas este mês e percebi que o dinheiro vai ser bem apertado, muitas contas para pagar, muitos descontos na folha de pagamentos, no entanto não perdi a fé. Propus em meu coração de dar o dízimo e até um pouco mais.

Sabe porque: Deus nos abençoa. Não porque nós mereçamos, mas por sua infinita misericórdia e bondade. Afinal, se estamos endividados a culpa não é de Deus é nossa.

Veja o que Jesus diz:
E qualquer que não levar a sua cruz, e não vier após mim, não pode ser meu discípulo.
 Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar?
Para que não aconteça que, depois de haver posto os alicerces, e não a podendo acabar, todos os que a virem comecem a escarnecer dele,
Dizendo: Este homem começou a edificar e não pôde acabar.
Lucas 14:27-30

Ou seja, Jesus também entendia de Administração. O último versículo diz: Este homem começou a edificar e não pôde acabar. Então a culpa das nossas obras mal concluídas não é de Deus é nossa. Fomos nós que erramos, fomos nós que não fizemos o planejamento necessário.

Não queira colocar culpa cuja causa não é de Deus e sim nossa. Por isso afirmo finanças é uma questão de fé, mas também uma questão de planejamento. Se estamos com dívidas ou com dificuldades de pagar, a primeira coisa é ser fiel no dízimo, as outras vos serão acrescentadas.

Mat.6.33. Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.